Viciados em design

Costumam dizer que a cozinha é o coração da casa. Este lugar afetivo, era reservado para a intimidade da família e furtivos roubos de guloseimas. Este sentimento de convívio cresceu muito e ganhou outros atributos. Hoje a cozinha é a nova sala de vistas para familiares e amigos curtirem bons (e gostosos) momentos. No cardápio, além do afeto, tem também design caprichado e tecnologia de ponta.

COZINHA DA CASA | ANDRÉA MEDEIROS | BELO HORIZONTE
Pilotos de forno e fogão
Muita gente já está colocando as paredes abaixo para criar cozinhas e salas de jantar em conceito aberto. Utilizar no lugar de mesa, uma bancada que pode estar ligada a uma estação de trabalho tipo ilha é uma das apostas mais frequentes. Esta configuração, além de fazer render o espaço, cria uma área de circulação que é ótima para a(o) cozinheira(o) (ou chef para ficar mais chique) e para os convivas. Reparou que colocamos também no masculino? É que cada vez mais, os homens estão dando o ar de sua graça a esta parte da casa antes dominada pelas mulheres.
Máquinas quentes!
Coincidência ou não, junto com a chegada dos rapazes à cozinha, veio também a tecnologia. O clima do decor pode ser até antiguinho, mas as ferragens e eletrodomésticos, nunca!
Vamos começar pelas torneiras profissionais. Mais altas do que as regulares, elas permitem muito espaço para lavar louças e panelas maiores com conforto. Adoramos as que têm um apêndice móvel que são ótimas para lavar legumes e podem ser direcionadas para cantos difíceis de alcançar como hélices de liquidificadores e potes de boca estreita.

COZINHA ARES DO LITORAL | PERLA LOPES & VIRGINIA FRAGA | RIO DE JANEIRO
Os cooktops também estão em todas. Eles geralmente são instalados nas ilhas de trabalho para que o(a) cozinheiro(a) não fique de costas para seus convidados. Os cooktops podem ser elétricos, daqueles que parecem uma lâmina de vidro, ou a gás, que é mais usual no Brasil. Outra vantagem é a separação do forno, que pode estar integrado elegantemente ao projeto e até ser elevado, para que não se tenha que abaixar para resgatar os assados.

VARANDA GOURMET | MAINA BERNARDES M. SÁ, MARINA DOSSA & NATHAÁLIA ALVES | GOIÂNIA
O metal e o preto são disparados as cores preferidas para dar um ar de cozinha profissional. Uma forte tendência para as geladeiras é um toque retrô, que as deixa com cara de refrigerador das décadas de 1950/60.  Já as coifas estão com as linhas hiper arrojadas. Estes filtros cada vez mais eficientes são fundamentais para deixar limpinho o ar da cozinha.

COZINHA DAS BRISAS | ANA CANO MILMAN | ERICA SARAVAIVA & MAGDA ALVARENGA | RIO DE JANEIRO
Comendo com os olhos!
É claro que a gente não poderia deixar de falar no visual. Como a onda do momento é a diversidade, escolhemos alguns ambientes diferenciados, para atender a diversos paladares.
Ambiente 1/detalhes
Este espaço mistura peças customizadas e originais como o pé da mesa, que parece uma engrenagem de maquinário pesado, banco sinuoso composto por toras de madeira (o que dá um ar de escultura de vanguarda) até cadeiras clássicas do design contemporâneo como as transparentes Louis Ghost  do celebrado Philippe Stark. A horta em latinhas dá o tempero para o projeto.
Ambiente 2/detalhes
Nesta “pequena notável” cozinha com uma levada provençal em tons de azul, quase violeta, o tecnológico e o tradicional se fundem naturalmente. O espaço tem torneira, cooktop, forno e geladeira (não se enganem pelo layout retrô) de primeira linha convivendo em harmonia com panelas de cobre e cerâmica com cara de madeira de demolição.
Ambientes 3, 4 e 5/detalhes
Nas 3 cozinhas o clima é de ousada descontração. Nas 2 primeiras, as paredes transformadas em lousas derramam arte e até dão as boas-vindas ao refeitório dos pets. E o cobre é destaque nas luminárias e latas-hortas, que fornecem ervas fresquinhas para os preparos.

LUDOVICA GOURMET | ALLYNE ANTUNES, BRUNA SAHIUM & MADALENA FRANÇA| GOIÂNIA
Materiais ícones do estilo industrial como o cimento, azulejos hidráulicos, tijolos refratários, fazem um bonito nas paredes, tetos, bases de mesa, pisos e até nas banquetas. Para fechar estrelam geladeiras que parecem de brechó (só que não), e eletrodomésticos com jeito vintage. Muito descolado!
Ambientes 6, 7 e 8/detalhes
Poderosas, estas cozinhas não escondem o apreço pela sofisticação. O brilho das portas vitrificadas e espaços generosos, que podem congregar numerosos convivas, produzem aquela sensação de elegância contemporânea.

COZINHA DE VIVÊNCIAS | SIMONE VILLELA | VITÓRIA
Os acabamentos crus como a madeira natural e cimentados contrastam com as panelas, eletrodomésticos e adereços refinados. Os materiais em estado bruto acabam por destacar ainda mais o requinte do decor. Estas são o que se pode chamar de senhoras cozinhas!

COZINHA PALCO VACA BRAVA | REJANE MORAES | GOIÂNIA

COZINHA DO CHEFE | GABRIEL PASSOS, CARLOS VICTOR COELHO, LARISSA VILLASCHI & RAISSA FATIN VICTOR | VITÓRIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *