PROTOCOLO DE SEGURANÇA

Faça o download do protocolo


APRESENTAÇÃO
O Morar Mais Rio 2020 se propôs a algo novo. Será o primeiro evento de decoração, arquitetura e design totalmente preparado dentro dos protocolos do “novo normal”, seguindo as recomendações de segurança da Secretaria Municipal de Saúde e da OMS. Nesta 17a edição no Rio de Janeiro, serão 59 belíssimos ambientes em um imóvel cercado de verde e bastante arejado no bairro do Itanhangá.
O evento será realizado com limite de público dentro da casa e na área externa.

O EVENTO
Reconhecido como uma das principais mostras de arquitetura, decoração, design e paisagismo do Brasil, o Morar Mais por Menos traz projetos descolados, criativos, inovadores e ousados, sempre atentos ao melhor custo x benefício. O evento presencial acontece de 5 de novembro a 6 de dezembro de 2020 e, para democratização de todo público, também em versão digital.
A modalidade ONLINE oferece segurança, variedade e facilidade de acesso gratuito aos ambientes expostos. A edição virtual contará ainda com programação de eventos paralelos como palestras, encontros, entrevistas e visitas guiadas programadas para todo o período da mostra.

MEDIDAS DE DISTANCIAMENTO SOCIAL
O número de visitantes para o Morar Mais Rio 2020 será controlado.
A venda de ingressos será limitada 300 (trezentos) por dia. Haverá controle de acesso na entrada do evento, garantindo a capacidade de, no máximo, 100 pessoas simultaneamente na casa de 3 mil m2.
Além disso, durante a 17ª edição do Morar Mais por Menos, o fluxo de visitantes nos ambientes da casa serão monitorados por recepcionistas que deverão respeitar o limit de capacidade de cada espaço.
Ressaltando que o distanciamento de 1,5m (um metro e meio) deverá ser sempre respeitado, tanto no interior da casa, quanto nas eventuais filas de acesso ao evento.
O Morar Mais Rio 2020 foi planejado de forma a garantir e respeitar todas as regras de ouro utilizadas na legislação vigente, amparado no Decreto nº 47.488. de 2 de junho de 2020, não se limitando a:

1) Uso obrigatório de máscaras de proteção pelo público, staff, fornecedores, expositores e quaisquer profissionais envolvidos no evento;
2) Ampla divulgação e comunicação do público, focado na conscientização e na obrigatoriedade do uso de máscaras, da necessidade de higienização das mãos e distanciamento social;
3) Disponibilidade de equipamento para dispenser /totens com álcool em gel 70% nos principais acessos à casa e em todos os ambientes para correta higienização das mãos;
4) Equipe de briefing diário sobre a segurança de saúde de staff;
5) Anúncios de segurança e saúde por todo o evento;
6) Uso de câmeras de segurança térmicas, que identificam rapidamente e com precisão a temperatura de várias pessoas simultaneamente, gerando um alerta automático mesmo com o uso de máscara, óculos ou capacete. O operador de monitoramento identifica então os casos suspeitos de COVID-19, tomando as providencias corretas de segurança e conforme protocolo da medidas sanitárias;
7) A organização do evento está orientando todos os profissionais participantes a adotar materiais de fácil higienização nos revestimentos e mobiliário. As coordenadoras das alas, que circulam pelos ambientes, e os colaboradores também estarão devidamente equipados com os EPIs adequados;
8) Será erguida na entrada da casa uma estrutura de metal com dois contêineres sobrepostos para abrigar o complexo da Recepção Multiuso Morar Mais Rio. A estrutura será pintada interna e externamente com tinta bactericida, com alguns fechamentos em vidro também antibacterianos, muito usados em hospitais, pois são formulados com íons de prata e outros elementos que impedem a proliferação de microrganismos;
9) Outras medidas sanitárias que dispensam o toque das mãos estão previstas não só na recepção, mas também em outros espaços do evento, através da automação e da chamada Internet das Coisas (IoT) – quando aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos podem se conectar à rede wi-fi, obedecendo remotamente a comandos de voz ou conectados a um celular. Alguns exemplos dessa tecnologia são o acionamento automático de luzes; cortinas, toldos e aparelho de som ativados por comando de voz ou por um aplicativo instalado no celular dos próprios profissionais e das coordenadoras
dos espaços;
10) Haverá venda de ingressos online;
11) As informações gerais a respeito das restrições operacionais, bem como as medidas necessárias ao cumprimento da legislação vigente e aos protocolos adotados para atender às questões de higiene, limpeza, sanitização de áreas, proteção e segurança sanitária em todo o local do evento deverão ser prévia e amplamente divulgadas pelos promotores dos eventos;
12) Providenciar o distanciamento dos mobiliários do restaurante e do bar para redução de ocupação dos espaços, quando em áreas confinadas, a fim de garantir o isolamento mínimo indicado pelas Secretarias de Saúde;
13) Demarcação no piso da rua, orientando que os visitantes aguardem lá fora se, eventualmente, o evento já estiver com a capacidade máxima de pessoas.

REGRAS DE ACESSO
Nas instalações de acesso ao evento dispomos de colaboradores de vigilância treinados, aferindo a temperatura dos visitantes com equipamento manual e recomendando a todos que utilizem os totens com dispenser de álcool em gel.
Haverá câmeras de segurança térmicas, que identificam rapidamente e com precisão a temperatura de várias pessoas simultaneamente, gerando um alerta automático mesmo com o uso de máscara, óculos ou capacete.
A todo o momento há divulgação de material requerendo que as pessoas mantenham distância adequada e, que ao aguardar em algum momento de fila respeite a distância estabelecida de 1,5m (cerca de 3 passos de distância);

MONITORAMENTO DE AFERIÇÃO DE TEMPERATURA
A temperatura corporal de todo o público, colaborador, fornecedor ou expositor do evento será diariamente verificada no acesso ao evento.

  • Temperaturas abaixo de 37,2 – sem febre
    Participante liberado para acesso/permanência nas instalações do evento.
  • Temperaturas acima de 37,2 – início de febre
    Participante não poderá acessar o evento.